Cauterização: descubra o que é e quais são seus benefícios

Mulher com cabelos hidratados.
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Todos os dias nossas madeixas ficam expostas a situações que podem danificá-las. Dentre as principais estão o uso excessivo de ferramentas de calor, procedimentos químicos, poluição e ação climática. Por isso, muitas pessoas procuram tratamentos como a cauterização, que ajuda a devolver vitalidade aos fios.

Além disso, a técnica reconstrói o fio e sela as cutículas capilares. Ela pode ser feita tanto no salão quanto em casa, desde que o procedimento seja aplicado da maneira correta. Quer conferir informações mais detalhadas sobre o que é cauterização? Continue acompanhando o blog do Mundo!

O que é cauterização?

A cauterização capilar é um tratamento utilizado para devolver às madeixas a queratina e os aminoácidos perdidos no dia a dia. Para isso, ela cicatriza as cutículas do cabelo com o intuito de fazer as proteínas permanecerem por mais tempo nos fios, corrigindo a estrutura capilar.

Considerada uma reconstrução profunda, ela sela as escamas dos cabelos e suaviza as pontas duplas, eliminando o aspecto arrepiado. O procedimento também proporciona madeixas mais alinhadas, brilhantes e macias.

Como é feita a cauterização?

Para fazer esse tratamento é necessário utilizar produtos específicos. Por isso, caso você queira fazer a cauterização em casa, é muito importante verificar se o produto escolhido possui fórmulas específicas para essa finalidade. Apesar da aplicação variar entre os produtos, geralmente todos incluem os seguintes processos:

  • Higienização do cabelo: essa etapa é feita com um shampoo antirresíduos apropriado para a estrutura capilar. Com ele, é possível abrir as cutículas dos fios, deixando o cabelo pronto para receber a cauterização;
  • Aplicação da queratina: após a lavagem, o indicado é utilizar um creme selante ou condicionador combinado com ampolas de queratina,
  • Uso de calor: ao final, realiza-se a etapa térmica, com a tradicional escova e a passagem de chapinha pelos fios. A última ferramenta deve ser aplicada de cinco a seis vezes, em mechas bem finas.

Algumas marcas recomendam a lavagem após a aplicação da chapinha, a fim de retirar o excesso de produto. Outras indicam que a cauterização profissional permaneça nas madeixas durante alguns dias.

Vale lembrar que seguir as recomendações do fabricante é imprescindível para obter o resultado esperado. Por essa razão, antes de começar a aplicação do produto, separe um tempo para ler as instruções dispostas na embalagem.

Para quem o procedimento é indicado?

Como o principal objetivo da cauterização é devolver a queratina perdida, fortalecer os fios e deixá-los mais brilhosos, ela é indicada para todos os tipos de cabelo. Além do mais, é ideal para os volumosos, danificados ou que passaram por algum procedimento químico, como tintura ou alisamento.

Para um resultado eficaz em cabelos normais, o melhor é que sejam feitas, no mínimo, quatro aplicações, em intervalos com cerca de 20 dias. Já as madeixas danificadas precisam receber o tratamento a cada dez dias.

Cauterização contém formol?

Não! Utilizado em escovas progressivas e alisamentos, o formol é uma substância que ataca as pontes de dissulfeto, que são responsáveis pela estrutura capilar. Ao fazer essa quebra, o cabelo fica alinhado. O formol também forma uma película que impede a entrada de nutrientes essenciais para a saúde da fibra capilar.

É por essa razão que os cabelos ficam ressecados com o passar do tempo, o que não acontece ao fazer a cauterização. Isso porque ela apenas repõe a queratina perdida e não altera o formato original dos fios.

Existe contraindicação?

Sim! Por mais que o tratamento seja indicado aos cabelos que passaram por procedimentos químicos, é preciso tomar alguns cuidados. O ideal é não realizar o processo nos fios que sofreram corte químico, alguma descamação, ou quando o couro cabeludo está sensível.

Nesses casos, até a melhor cauterização capilar profissional pode deixar as madeixas mais frágeis por causa da ação da queratina. Além disso, o processo pode aumentar a oleosidade do couro cabeludo.

Navegue pelo Mundo do Cabeleireiro!

Como dissemos antes, você pode fazer o tratamento em casa, desde que com os produtos corretos. A boa notícia é que o Mundo do Cabeleireiro dispõe de uma enorme variedade esperando por você. Aproveite para fazer suas compras com segurança e praticidade!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes